A punição como estímulo para a excitação sexual

Alguma vez você se sentiu sexualmente excitado quando você recebeu um castigo físico ou de qualquer outro tipo? Acredite ou não, este fato é muito mais comum do que você pode imaginar. Na verdade, a maioria das pessoas, em um determinado momento, pedem aos seus parceiros alguma forma de castigo físico quando têm relações sexuais. Normalmente, este fato é muitas vezes reduzido a um pequeno tapa ou umas palmadas nas nádegas, embora seja verdade que alguém pode ir muito mais longe e chegar até chicotadas e outras práticas de sadomasoquismo mais extremo.

punição-eroticaMuitas vezes, efetivamente, quando a gente relaciona prazer e punição, tende a pensar ao sadomasoquismo, ou seja, aquela parafilia em que uma pessoa sente prazer a ser dominada e espancada por outra. No entanto, este é apenas o estereótipo enquanto a interligação entre o prazer, a dor e a punição abrange muitas outras áreas. Por exemplo, o simples fato de ser submissa pode estimular a excitação sexual.

Além disso, há pessoas que ficam animadas por estar infligindo uma punição, não por recebê-la. Seria, em suma, a parte sádica do termo sadomasoquismo já citado no parágrafo anterior. Mas também, não apenas em indivíduos, mas também em animais ou coisas. Embora possa parecer um pouco estranho em primeira instância, é mais comum do que você pode imaginar.

puniçãoAs palmadas, as chicotadas e os golpes qualquer parte do corpo dados com vários objetos são a variante física da punição. Levada ao extremo, a punição pode ser dada com golpes no pênis, nos seios ou na xoxota. Sempre, é claro, com o consentimento de ambos. Por outro lado, se os amantas optam pelo aspecto mais psicológico, a submissão pode consistir em ser obrigado a se submeter a situações humilhantes, para remarcar o total poder do dominador no submisso, como, por exemplo, caminhar como cães ou lamber comida passada nas partes intimas.

No entanto, o melhor é que os amantes troquem de papel de vez em quando para que ambos possam experimentar as duas sensações e sejam capazes de inovar e fazer coisas novas. Enquanto isso, é aconselhável começar com calma e também definir uma palavra-chave que, quando pronunciada, faça interromper a punição. Por fim, só resta salientar que, uma vez que a relação sexual termina, termina o castigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *